terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Fotos da 13ª Jornada

As fotos da 13ª Jornada Fotográfica revelam uma Ilha do Rodeadouro complexa, de múltiplas e variadas facetas, que só se revelam através do olhar atento e sensível daqueles que a visitam e se dispõem a entender e assimilar toda essa diversidade. De fato, nada como uma permanência de 24 horas no local para perceber e registrar as nuances e manifestações de cada uma desssas "personalidades", como é o caso do mistério e do silêncio da noite, das paisagens bucólicas e desertas da manhã, da flora e da fauna aparentemente selvagens, dos singelos e coloridos barquinhos que enfeitam a paisagem, dos trabalhadores que vivem do turismo local e, finalmente, do intenso fluxo de pessoas que fazem da ilha um lugar de lazer aproveitado com grande ruído e energia. Por isso, é fácil dizer que não existe uma única Ilha do Rodeadouro: escolha a que mais lhe agrada e saia em busca dela, aproveitando tudo o que ela tem a lhe oferecer. Para conferir as fotos, é só clicar aqui.

domingo, 11 de dezembro de 2011

Santo Surubim!

Tudo começou na noite de sexta-feira, quando nos reunimos na cidade para pegar a van que iria nos levar pela Estrada da Tapera até a travessia da Ilha do Rodeadouro. Depois de uns 20 minutos de viagem já estávamos a bordo da barca do sr. Gildo (Almizão) para então, depois de outros 10 minutos de contemplação da noite no rio, nos colocarmos novamente em marcha até o local do acampamento. Barracas montadas debaixo de grandes mangueiras, chegou a hora de sacar as máquinas fotográficas e aproveitar a escuridão e a luz seletiva ou produzida para fazer imagens diferenciadas. Quando o cansaço bateu, foi a vez de compartilhar o silêncio da noite com os moradores que latiam e cantavam sem parar. Na manhã seguinte, as mangas estiveram na mesa do café e não tardamos a começar clicar, aproveitando o deserto do dia recém-começado, revelando a beleza dessa ilha quase urbana. Deserto que não duraria muito, pois em breve começavam a chegar as barcas lotadas de Juazeiro e Petrolina, aumentando a densidade humana do local e diversificando, por outro lado, a riqueza do material que viria a ser fotografado ao longo do dia. Água do rio bastante fria, sol e areia escaldantes, cerveja geladíssima, peixe grelhado na mesa, conversas animadas, muitas risadas e fotografias sobre os mais variados temas. Assim transcorreu o sábado até por volta das 17:00hs, quando os últimos jornadeiros recolheram os seus equipamentos e tomaram o rumo de casa.

Fotos da 12ª Jornada

Já está disponível a edição da 12ª Jornada Fotográfica realizada em Pindobaçú no último dia 27 de novembro. São 101 fotografias de 13 jornadeiros que apontaram as suas máquinas para as áreas rural e urbana da cidade, ao longo de um dia inteiro de aventuras e descobertas. Além da beleza natural da região, as fotos mostram a praça, a igreja, os moradores, detalhes da arquitetura e flagrantes do trabalho e do estilo de vida dos moradores do local, incluindo até um improvisado jogo de futebol. Clique aqui para conferir. Parabéns a todos por mais esse belo registro!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Tirando leite de pedra?

"Tirar leite de pedra" é o título da fotografia acima, feita pelo jornadeiro José Carlos Costa de Amorim no último final de semana em Pindobaçú, durante a realização da 12ª Jornada Fotográfica. Mas o fato é que, com leite ou sem leite, e como a imagem comprova, jornadeiro que é jornadeiro sempre encontra motivo para boas fotos em qualquer lugar ou circunstância. Esse é o espírito!

P.S. Na foto: Flávia Ramos e Tiago Calábria.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Convocação para a 13ª Jornada

A última Jornada Fotográfica deste ano irá acontecer nos próximos dias 09 e 10 de dezembro, sexta-feira e sábado, na Ilha do Rodeadouro em Petrolina. Trata-se de um conhecido balneário da região, uma verdadeira praia de água doce que é frequentada por moradores e turistas de Petrolina e Juazeiro, em função da pouca distância que separa essas cidades da ilha, que fica no meio do rio São Francisco.

A Jornada, dessa vez, terá uma novidade: nós iremos acampar na ilha na noite de sexta-feira. Dessa maneira, será possível captar imagens da ilha em três momentos diferentes: na escuridão e no silêncio da noite da sexta-feira, no início da manhã do sábado, quando a ilha ainda está deserta mas o sol já a ilumina, e um pouco mais tarde, quando a mesma já estiver lotada com os visitantes que aparecem em busca do lazer, da água fresca do rio, dos bares e dos restaurantes que compõem o local. Por isso, tenho certeza que o material para a nossa produção fotográfica será bastante rico e diversificado.

O ponto de encontro será em frente ao Hipermercado Bompreço situado no bairro Atrás da Banca, às 20:00hs. Lá, pegaremos as vans que nos levarão até a travessia, previamente combinada com um barqueiro local. Uma vez na ilha, nós iremos acampar um local cercado e já reservado, que conta com banheiros e outros itens de conforto. Por isso é importante que todos tragam as suas barracas e sacos de dormir. Aqueles que não quiserem ou não puderem dormir na ilha poderão aparecer na manhã do sábado e se juntar ao grupo.

Para se inscrever é só enviar nome completo, endereço de email e telefone para contato@jornadasfotograficas.com.br.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Sempre presente!

Pindobaçú recebe a 12ª Jornada

Duas horas e meia para ir, mais duas horas e meia para voltar. Mesmo assim, ainda conseguimos subir em morro, nadar na represa, tomar cerveja numa palhoça, fotografar todo o entorno da represa, almoçar e finalmente capturar momentos da vida urbana da cidade, com direito à jogo de futebol com as crianças da rua. Foi uma longa jornada, que começou às 7:00 da manhã e só terminou quase às 21:00. Mas, como sempre, cansaço, felicidade e diversão foram sinônimos em mais um dia movimentado.

A reunião para apresentação e avaliação das imagens acontecerá no próximo dia 05/12, segunda-feira, a partir das 19:00hs, na sala 19 do campus Juazeiro da UNIVASF . Peço a todos que, se possível, tragam os seus notebooks, pois vamos experimentar uma forma mais dinâmica, mais rápida e menos cansativa de apreciar e comentar o trabalho de todo mundo.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Exposição Mês da Consciência Negra

Continua até o final desse mês a exposição organizada pelo professor Euriclésio Sodré, da UNIVASF de Juazeiro, em homenagem ao Mês da Consciência Negra que está sendo comemorado em todo o Brasil. Seis jornadeiros ofereceram as suas contribuições, retratando diversos momentos da vida e da cultura dos afro-descendentes em nosso território. Vale a pena conferir.

Evandro Teixeira e a Jornada Fotográfica

Evandro Teixeira, ícone da fotografia brasileira, fotógrafo do Jornal do Brasil por quase 50 anos e um dos maiores nomes do fotojornalismo nacional, com diversos livros publicados, vários deles inclusive com a temática do nordeste e do sertão, ministrou palestra no último sábado, dentro da programação do II ECOVALE - Encontro de Comunicação do Vale do São Francisco, realizado pela UNEB em Juazeiro.

Um auditório lotado ouviu atentamente as histórias contadas por Evandro e assistiu com grande interesse e admiração as fotos por ele projetadas, um resumo da sua extensa e extraordinária carreira. No final, o grupo de jornadeiros que lá esteve para prestigiar o evento posou para a foto acima, juntamente com o grande mestre. Esbanjando simpatia, Evandro Teixeira nos honrou ao vestir o nosso chapéu e exibir a nossa logomarca.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Mesa-redonda no II ECOVALE

Amanhã, dia 18/11, eu estarei participando do II ECOVALE - Encontro de Comunicação do Vale do São Francisco, um evento organizado pelo curso de Comunicação Social da UNEB em Juazeiro. A sessão, uma mesa-redonda que terá início às 14:00hs, irá discutir as experiências fotográficas dos participantes, em especial aquelas relacionadas com o Vale do São Francisco. Por isso, eu farei uma apresentação sobre o Jornadas Fotográficas, abordando um pouco da sua história, dos seus objetivos, do seu funcionamento e dos resultados alcançados até o momento. Será uma boa oportunidade para divulgar o projeto e atrair novos interessados. Para quem tiver curiosidade, os slides que eu irei usar estão disponíveis aqui.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Fotos da 11ª Jornada

Com 148 imagens selecionadas entre as produções de 20 dos 24 fotógrafos participantes da 11ª Jornada Fotográfica do Vale do São Francisco, realizada nos dias 29 e 30 de outubro em Caboclo, já está disponível a página que ilustra a diversidade e a sensibilidade dos olhares do nosso grupo sobre esse local que é ao mesmo tempo tão singelo e tão rico (para acessar, é só clicar aqui).

As fotos contam a história de um povoado antigo, que é encontrada com facilidade na fachada das casas, nos detalhes da igreja, no rosto e nas expressões dos mais idosos e no museu que guarda com carinho objetos e documentos históricos. Mas, também, elas contam a história de uma cultura rica e viva e de um trabalho de resgate e preservação que se manifesta nas tradições celebradas na Festa do Tamarindo, nas crianças que vibram de forma incessante com a festa e a movimentação das pessoas, e nos visitantes que vem de todas as partes, proporcionando um farto material para as lentes dos nosso fotógrafos. Não bastasse isso, a região ainda oferece encantadoras paisagens, trilhas e lagoas que desafiam a noção de sertão e caatinga.

Tenho certeza que todos irão se surpreender e vibrar com as descobertas do nosso grupo, agora disponibilizadas para que um público ainda maior possa também conhecer e se emocionar com a história, os habitantes e as atrações de Caboclo. Muito obrigado a todos e até a próxima!

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Implacável

Para enfrentar o sol implacável que nos acompanha nas jornadas diurnas, nada melhor do que um confortável chapéu que oferece ampla proteção nas laterais e também nas costas, e é feito de tecido maleável para não atrapalhar o uso da máquina fotográfica. Adquirido por mim no Mercado São José em Recife, e decorado com uma bela logomarca personalizada, criada e impressa pelo jornadeiro Maurício André, ele já pode ser visto na região, circulando nas cabeças dos fotógrafos mais animados e dispostos de todo o Vale do São Francisco!

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Exposição no I Simpósio de Práticas Integrativas

Caso alguém não tenha tido a oportunidade de estar no Complexo Multieventos da UNIVASF em Juazeiro para prestigiar a nossa exposição coletiva, seguem acima algumas imagens do local. O jornadeiro e coordenador da exposição foi o Tiago Alves Calábria, que também concedeu entrevista para a TV São Francisco. Para assistir, é só clicar aqui. O release que eu preparei para a exposição segue reproduzido:

CULTURA NO VALE DO SÃO FRANCISCO

As imagens da presente exposição foram produzidas por participantes do projeto Jornadas Fotográficas do Vale do são Francisco (www.jornadasfotograficas.com.br) e tem como tema manifestações culturais e representações do patrimônio cultural material e imaterial localizado em Petrolina, Juazeiro e no Vale do São Francisco de uma forma geral. Muitas dessas imagens foram feitas nas saídas mensais realizadas pelo grupo, outras foram produzidas de maneira isolada pelos participantes do projeto. De uma forma geral, elas revelam a diversidade e a riqueza da cultura regional, que pode ser identificada em eventos tradicionais, como é o caso da Missa do Vaqueiro e do São Gonçalo, mas também incluem a arquitetura regional, a religiosidade do Candomblé, o estilo de vida das comunidades rurais, como é o caso da Ilha do Massangano, a música e a dança, como por exemplo o Samba de Véio, além de flagrantes da espetáculos teatrais e outras produções artísticas registradas pelas lentes dos nosso fotógrafos. Através do olhar atento de cada um deles, a nossa observação se torna mais apurada, as nossas emoções se manifestam de forma mais evidente e o sentimento que fica é de que a cultura é pedra fundamental na vida cotidiana e na história do Vale do São Francisco.

Em meu nome e também de todo o grupo, eu gostaria de agradecer ao Tiago pelo convite, pelo empenho e carinho na montagem e na coordenação da nossa quarta exposição e também pela entrevista concedida à televisão. Me senti orgulhoso em ver o nosso projeto sendo divulgado com entusiasmo e propriedade pelo Tiago, e tenho certeza que os demais amigos das Jornadas sentiram (ou sentirão) a mesma coisa. Parabéns Tiago, parabéns participantes de mais essa mostra do nosso trabalho!

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Convocação para a 12ª Jornada

A 12ª Jornada Fotográfica do Vale do São Francisco será realizada no próximo dia 27 de novembro (domingo) no município baiano de Pindobaçú, distante 175Km de Petrolina, na região de Senhor do Bonfim. Nosso objetivo será fotografar a represa e o seu entorno, que são de grande beleza natural, com características de mata tropical. O clima é ameno e, ao longo do rio que forma a represa, as belas paisagens irão certamente encher os nossos olhos e os sensores das nossas máquinas fotográficas.

A saída acontecerá em frente à Casa do Vinho, na orla de Petrolina, às 7:00hs, com previsão de chegada na represa às 9:30hs. O retorno para Petrolina está previsto para às 17:30hs, com chegada por volta das 20:00hs. Nesse meio tempo iremos visitar a barragem da represa, alguns trechos mais distantes do rio que a forma, e também a cidade de Pindobaçú , onde almoçaremos.

O custo do microônibus que nos transportará nesse dia será rateado entre os participantes, como de hábito. Garanta logo uma das 28 vagas disponíveis, enviando o seu nome, endereço de email e telefone para contato@jornadasfotograficas.com.br.

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Sol, seresta, forró e tamarindo

Foi um final de semana fotográfico extenso, que começou na tarde do sábado e só terminou no final do domingo, na nossa primeira saída com pernoite. Nesse meio tempo, os 24 participantes da 11ª Jornada Fotográfica curtiram o convívio e o papo informal numa noite de seresta na noite do sábado e depois, logo cedo no domingo, iniciaram o dia com uma subida até o mirante situado no alto do morro vizinho, para ver a vista da região, e continuaram com uma visita ao Museu do Pai Chico, para conhecer conhecer um pouco a história do sertão e do sertanejo através de objetos e documentos reunidos de moradores e ex-moradores da região.

Nessa altura a Festa do Tamarindo no centro do povoado já estava a todo vapor, e foi quando as atenções do grupo se voltaram para as diversas apresentações musicais e de dança que animaram o final da manhã e o começo da tarde. Depois do almoço foi a vez de fazer a trilha das lagoas e fotografar a flora e a fauna da região. Durante todo o nosso tempo de permanência no local, também as casas e os habitantes da região, crianças e adultos de todas as idades, foram amplamente fotografados pelo grupo.

Já exaustos, fizemos as malas e tomamos os nossos assentos para a viagem de retorno quando o sol começou a se por na tarde do domingo em Caboclo. Além do cansaço, trouxemos de volta um final de semana repleto de lindas imagens e uma intensa e animada convivência entre os participantes do projeto, os quais estiveram o tempo todos dispostos a aproveitar ao máximo esse período, e não deixaram por menos: dos brinquedos de pula-pula e tiro-ao-alvo até as assombrações que agitaram a Pousada Caboclo na madrugada do domingo, não faltou diversão para ninguém.

O encontro para apresentação e avaliação das imagens produzidas irá acontecer no próximo sábado, dia 05/11, a partir das 17:00hs (horário de Petrolina) na sala 02 do campus Juazeiro da UNIVASF. Cada participante deverá trazer 20 fotos selecionadas em pen-drive ou CD.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Introdução à Fotografia Digital

Nos dias 18, 19 e 20, terça, quarta e quinta-feira da semana que vem, a UNIVASF estará realizando a IV SCIENTEX - Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão. Trata-se de um evento aberto à comunidade, onde professores e alunos procuram apresentar assuntos diferentes dos usuais a fim de motivar alunos e integrar a comunidade acadêmica com a comunidade não-acadêmica.

Eu estarei ministrando a palestra "Introdução à Fotografia Digital", uma reedição com algumas novidades da palestra que eu ministrei no ano passado nesse mesmo evento. Durante duas horas, eu irei falar sobre história e evolução da fotografia digital, modelos de cor, espaços de cores, sensores, ISO, histograma, gama, fator de crop, propriedades e formatos de arquivos (RAW, JPEG) e pós-produção (Photoshop, Bridge, ACR, Lightroom etc). Creio que será uma boa oportunidade para todos os que sentem necessidade de ver/rever esses conceitos, que são básicos para quem deseja se desenvolver na fotografia digital. Além disso, esse conteúdo é pré-requisito para um outro curso que eu estou pensando em oferecer em breve para o nosso grupo, sobre tratamento de imagens com Photoshop.

A palestra acontecerá no dia 18 de outubro, terça-feira da semana que vem, na sala 15 do campus Juazeiro da UNIVASF, das 14:00 às 16:00hs, e não é necessário fazer qualquer tipo de inscrição prévia. É só aparecer na hora.

P.S. A apresentação está disponível aqui.

domingo, 9 de outubro de 2011

Fotos da 10ª Jornada

Já estão disponíveis aqui as 190 imagens selecionadas entre as produzidas por 23 dos 26 participantes da 10ª Jornada Fotográfica, realizada no último dia 24/09, na Fazenda Ouro Verde (vinícola Miolo) e na barca Rio dos Currais, no roteiro conhecido como Vapor do Vinho. A riqueza do material é grande, como vocês terão a oportunidade de constatar. Além disso, tenho também certeza que aqueles que ainda não conhecem o roteiro estarão, agora, ainda mais motivados para conhecê-lo. E os que já tiveram o privilégio de fazê-lo irão lembrar com grande satisfação os bons momentos vividos nesse dia. Parabéns a todos os jornadeiros mais uma vez!

Jornadas Fotográficas no Jornal do Commércio

O Jornal do Commércio circula quinzenalmente, aqui na região e aos domingos, com um caderno especial sobre o Vale do São Francisco. A edição de hoje traz, com grande destaque, uma reportagem sobre o Jornadas Fotográficas do Vale do São Francisco. A matéria traz muitas informações sobre o nosso grupo e ocupa, além da capa, as duas páginas centrais do caderno. A foto escolhida pelo editor para a capa foi feita durante a 4ª Jornada, realizada em fevereiro desde ano na barragem e represa de Sobradinho. Nas páginas internas estão fotos de Sérgio de Sá (6ª Jornada, Ilha do Massangano) e Maurício Fidalgo (9ª Jornada, Dunas do Velho Chico). Meu filho Leonardo Ramos é o autor da minha foto na página 6 e Eugenio de Souza é o autor da foto de Maurício Fidalgo e de Ilana Copque, que aparece na página 7. Em meu nome e do grupo, agradeço à Luciana Passos, Denny Ferreira e Noely Valente Mota, responsáveis pela proposição da pauta e elaboração da matéria. E aproveito também para dar os parabéns ao grupo, pois essa reportagem é uma clara sinalização da qualidade e da importância do nosso trabalho, que está sendo reconhecido e mais divulgado a cada dia que passa.

Para ler o texto, é só clicar nas imagens acima.

P.S. Diferentemente do que está escrito na legenda da foto da capa, eu não sou aquele que está no centro, de chapéu. Eu estou no canto superior esquerdo, de bermuda, camiseta verde, boné e óculos escuros. Quem está no centro de chapéu é o Maurício André, participante ativo do grupo.

P.P.S. Há também uma nota, na coluna "Social do Vale", assinada por Noely Mota, sobre a 11ª Jornada que será realizada em Caboclo nos próximos dias 29 e 30 de outubro (página 10 do mesmo caderno).

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Convocação para a 11ª Jornada

Convido todos os interessados para participar da 11ª Jornada Fotográfica do Vale do São Francisco que será realizada no povoado de Caboclo, município de Afrânio (PE), distante cerca de 120Km de Petrolina, durante os próximos dias 29 e 30 de outubro, quando lá estará sendo comemorada a tradicional Festa do Tamarindo.

O povoado é um local de grande interesse histórico e turístico, pois desde remotas épocas ele serve como ponto de apoio para viajantes que cruzam o interior do nordeste em direção ao norte do país. Ele é composto um um conjunto arquitetônico de grande beleza e cores vibrantes, que está sendo preservado pela comunidade local e recebe incentivos e o apoio de pessoas da região, como é o caso do arquiteto Cosme Cavalcanti, um dos organizadores do Comitê de Revitalização do Caboclo. Para mais informações sobre o povoado, clique aqui.

Além desse conjunto, há ainda uma linda igreja colonial na entrada do povoado, o Museu do Pai Chico, que preserva móveis, objetos e a cultura sertaneja de uma forma geral, e as tamarineiras centenárias, que proporcionam imensas sombras e momentos de lazer e descanso para moradores e visitantes. Há também uma bela trilha, na subida de um morro próximo, de onde se pode avistar grandes distâncias, até a fronteira do estado de Pernambuco com o Piauí. Do outro lado, mais trilhas conduzem por um açude e a mata típica do sertão. Não bastassem todos esses atrativos, que por si só constituem motivos de grande interesse fotográfico, ainda teremos a Festa do Tamarindo, que recebe pessoas de toda a região e é animada ao som de música típica, concurso de culinária e uma ampla programação cultural.

A nossa partida ocorrerá no dia 29 de outubro, sábado, às 14:00hs,na orla de Petrolina, em frente à Casa do Vinho. O retorno acontecerá no domingo, dia 30 de outubro, às 18:00hs, com previsão para chegada em Petrolina às 20:00hs. Para o pernoite, existem duas opções: (i) a Pousada Caboclo, que cobra R$30,00 pelo quarto (com duas camas) e banheiro externo coletivo, ou R$40,00 (com as mesmas duas camas) e banheiro interno privativo, ou (ii) um galpão com dois quartos que está sendo oferecido pelo Comitê de Revitalização do Caboclo para o nosso grupo.

O galpão conta com um grande salão, dois quartos e banheiros, mas não possui camas nem roupas de cama ou de banho. Assim, os que tiverem interessem em ficar lá deverão levar colchonetes ou sacos de dormir, travesseiros etc. Para quem optar por essa alternativa, haverá um custo total de R$200,00 (para cobrir gastos com limpeza, luz e água) que será rateado entre todos os usuários. Se 20 pessoas decidirem ficar lá, o custo será de R$10,00 para cada um.

O transporte será feito no microônibus que temos usado nas outras vezes, porém dessa vez serão duas diárias, num total de R$800,00. Esse valor sera rateado entre todos os participantes. Se foram 28 (lotação máxima do microônibus), o valor será de R$29,00 para cada um.

Para que não tenhamos problemas com relação às reservas (especialmente para quem quiser ficar na Pousada Caboclo, que é muito concorrida nessa época) e confirmações, eu solicito a todos que façam as suas inscrições comigo o mais rapidamente possível, informando se deseja ficar na pousada (e, nesse caso, com banheiro inteiro ou externo) ou no galpão.

O número de inscrições será limitado, em princípio, a 28, que é o número de assentos que o microônibus nos disponibiliza. Caso haja um número maior de interessados, eu verei a possibilidade de trocarmos o microônibus por um ônibus comum, mas isso não é garantido. Portanto, façam logo as suas inscrições e garantam a sua vaga.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Sol, eclusa, uva e espumante na 10ª Jornada

Um novo recorde de participantes foi alcançado durante a realização da 10ª Jornada Fotográfica. Dessa vez, foram 26 os fotógrafos que acordaram cedo para se dirigir de ônibus até Sobradinho, onde encontramos com a barca Rio dos Currais, para depois subirmos a eclusa e navegarmos pela represa até atracarmos na Fazenda Fortaleza. Desses 26, 11 optaram por acordar ainda mais cedo e seguir de barco até Sobradinho, para fotografar o nascer do dia a partir da barca.

Depois do encontro em Sobradinho, foram mais duas horas de navegação repletas de emoção e com muitos temas de grande impacto visual para serem fotografados até o nosso destino final. O Luiz Rogério, proprietário da barca, como sempre nos recebeu de braços abertos e com grande hospitalidade.

Depois de uma rápida degustação das mangas produzidas na Fazenda Fortaleza, nos dirigimos até a Fazenda Ouro Verde, onde fica a Vinícola Miolo. Sempre acompanhados pelo enólogo Marcus Pamponet, funcionário da vinícola que se integrou com entusiasmo ao nosso grupo, tivemos a chance de explorar cada recanto do local, desde o cultivo até a produção, passando pelos laboratórios, pelos alambiques, pela sala das barricas, pelo viveiro de mudas, pela captação das águas do rio para irrigação e pelo campo de cultivo experimental de oliveiras.

No final da tarde, já cansados por causa do sol, do calor e da poeira, fomos brindados com espumantes gelados produzidos no local, o que foi motivo para uma grande, alegre e descontraída confraternização entre os presentes. O entusiasmo não acabou nem quando entramos no ônibus para voltar, já de noite. Ao contrário, o clima na volta era de festa e vontade de quero mais.

Em meu nome e também do grupo, eu gostaria de reiterar os agradecimentos ao Luiz Rogério da barca Rio dos Currais e também ao Marcus Pamponet, da Vinícola Miolo, que tão gentilmente nos receberam e abriram as portas das suas casas para as nossas máquinas e os nosso cérebros ávidos por belas imagens. Em breve estaremos retribuindo, da nossa forma!

Varal Fotográfico no Festival Pernambuco Nação Cultural

Aconteceu na semana passada, entre os dias 20 e 24, como parte da programação oficial do Festival Pernambuco Nação Cultural, a terceira exposição do nosso grupo. O Varal Fotográfico contou com 48 imagens de participantes do Jornadas Fotográficas, com temas diversos relacionados à cultura no Vale do São Francisco.

Ao mesmo tempo, um slideshow com 150 imagens do grupo em homenagem ao aniversário de Petrolina eram projetadas no telão do palco principal, nos intervalos dos shows que aconteciam durante as noites. Uma parte dessas imagens foi publicada na edição especial da Gazzeta do São Francisco nessa mesma semana. Para ver o slideshow, clique aqui (~100MB). Para ver um filme produzido por Eugenio Souza, a partir desse material, clique aqui.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Jornadas Fotográficas no aniversário de Petrolina

Pela terceira vez o Jornadas Fotográficas é tema de uma edição da Gazzeta do São Francisco. Pela segunda vez, na capa de uma edição especial. O tema, dessa vez, foi o aniversário de Petrolina, comemorado no último dia 21/09. Da vez anterior, o tema havia sido o aniversário de Juazeiro. Na outra ocasião, o assunto foi a jornada realizada no Serrote do Urubu.

A matéria (capa e página interna) traz fotos de 15 participantes do projeto com olhares diferenciados sobre a cidade aniversariante. Algumas dessas fotos já faziam parte dos respectivos acervos, outras foram produzidas especialmente para a edição. Além das fotos, a matéria traz informações sobre cada um dos participantes dessa iniciativa.

Obrigado a todos os que colaboraram, em especial à Gazzeta pela forma como prestigia e divulga o nosso trabalho na região. Para ler e ver com mais detalhes, é só clicar nas imagens acima.

Festa de aniversário

Animação foi o que não faltou na festa de primeiro aniversário do Jornadas Fotográficas do Vale do São Francisco, comemorado na noite do último dia 17 de setembro.

Desde a primeira jornada, realizada na Parada Petrolina Além do Arco-Íris, em setembro de 2010, já fizemos nove edições (uma por mês, exceto férias) e passamos pelo Mercado Produtor de Juazeiro, pela Vaquejada de Juazeiro, pela Barragem de Sobradinho, pelo Festival Edésio Santos, pela Ilha do Massangano, pelo Serrote do Urubu, pela Missa do Vaqueiro e pelas Dunas do Velho Chico. Criamos os nossos endereços de contato, o nosso blog, o nosso site e o nosso grupo de discussões, que atualmente conta com 105 membros. Na última jornada, tivemos um recorde de participantes (foram 22) e alugamos um ônibus para podermos viajar com conforto. Nossas jornadas estão se estendendo em tempo e distância. Nosso trabalho está cada vez mais bonito, fruto do desenvolvimento individual dos membros do grupo (tanto em termos de técnica quanto em termos de linguagem fotográfica) e a nossa missão vai se consolidando de forma constante. Fizemos duas exposições. Temos sido apresentados pela mídia de forma sistemática (em jornais, internet, televisão e rádio) e estamos cada vez mais conhecidos na região. Mais importante, a nossa amizade está cada vez maior e o nosso círculo de amigos não pára de aumentar, assim como o prazer de fotografar.

Na festa foi feita uma projeção de quase 1.000 fotos produzidas pelos participantes das jornadas anteriores, documentando seus pares em plena ação e também mostrando detalhes da organização das mesmas. O resultado foi muita diversão, muitas risadas, muitas histórias para lembrar e contar e, principalmente, a certeza de termos produzido um material de excelente qualidade. Fora isso, a festa transcorreu com muita comida (muita mesmo), música, dança e conversas empolgadas até o amanhecer do dia.

Também não faltaram presentes para os jornadeiros e os seus acompanhantes: especialmente para esse encontro, com a colaboração do nosso amigo, fotógrafo e jornadeiro Maurício André, foram produzidos um folheto explicativo, um cartão de visitas, um adesivo e um CD contendo essas imagens de making-of. Para baixar, é só clicar:
Tenho certeza que esse foi apenas o primeiro de muitos aniversários, pois o nosso projeto, o nosso grupo e a nossa determinação não param de crescer, assim como as idéias para novas jornadas e novas atividades (cursos, exposições, livros etc). Muito obrigado a todos vocês que compartilham desse ideal e desse entusiasmo!

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Convocação para a 10ª Jornada

É com grande satisfação que eu comunico que estão abertas as inscrições para a 10ª Jornada Fotográfica do Vale do São Francisco que, no mês do seu primeiro aniversário, será um evento especial. Dessa vez iremos para a Fazenda Ouro Verde, situada em Casanova (BA), onde são produzidos os vinhos da marca Terranova (do grupo Miolo), entre outros produtos. Diferentemente do roteiro turístico que talvez já seja conhecido por vários de vocês, a 10ª Jornada foi planejada de modo a permitir que o nosso grupo tenha acesso a áreas que normalmente não são visitadas pelos turistas tradicionais, e isso inclui não apenas a parte da produção mas também o cultivo dos frutos. Será uma excelente oportunidade para fotografarmos todos os detalhes dessa atividade que é tão importante e característica aqui na região. Entre parreiras, grandes áreas abertas, salas fechadas, laboratórios, tonéis de aço, barris de carvalho, tubulações, alambiques e produtos acabados, tenho certeza de que teremos material farto para apresentar, de forma criativa e original, a nossa visão sobre uma das principais atividades econômicas e também uma das principais atrações turísticas da região.

A 10ª Jornada, no entanto, não ficará restrita à visita à fazenda. Na hora do almoço, ao término da mesma, seguiremos para a barca Rio dos Currais, que estará aguardando pelo nosso grupo na represa de Sobradinho, ao lado da vinícola. Uma vez embarcados, prosseguiremos por cerca de uma hora até a barragem, faremos a eclusagem (ou seja, desceremos 31 metros até o nível do rio) e navegaremos por cerca de quatro horas até atracarmos de volta em Petrolina. Nesse meio tempo poderemos fotografar a represa, o próprio barco, a interessantíssima travessia da eclusa, e depois as margens, as ilhas e os detalhes do rio que divide Bahia e Pernambuco. Será um dia, tenho certeza, fantástico para registrar imagens de grande impacto sobre a região.

O encontro do grupo acontecerá na orla de Petrolina, em frente ao restaurante Gaúcho, às 8:00hs. O micro-ônibus partirá às 8:30hs, pontualmente, levando o nosso grupo até a fazenda. O retorno para Petrolina está previsto para acontecer às 19:00hs. Essa jornada corresponde, de certa forma, à uma versão estendida do passeio conhecido como Vapor do Vinho. Como sempre, a inscrição é gratuita e a única despesa será por conta do rateio do custo do micro-ônibus que nos levará de manhã. Alimentos e bebidas adquiridos dentro da barca serão pagos por quem os consumir.

Em função da negociação que foi feita com os administradores da fazenda e com o proprietário do barco, o nosso grupo estará isento do pagamento da taxa de visitação na fazenda e também do ingresso para o passeio de barco. A nossa contrapartida, porém, será o fornecimento de imagens para divulgação dos mesmos. Uma troca justa, que muito me orgulha, e que reflete o espírito de colaboração e solidariedade existente entre os agentes turísticos e culturais da região. Também em função dessa negociação, e da quantidade de assentos disponíveis no micro-ônibus, o número de vagas para a jornada está limitado à 25. Portanto, sejam rápidos e garantam logo a sua!

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Fotos da 9ª Jornada

Se a impressão inicial era de que os temas seriam apenas "areia, água, toco e libélula", portanto repetitivos e sem margem para muita criatividade, o resultado produzido pelos participantes da 9ª Jornada Fotográfica, realizada nas Dunas do Velho Chico, em Casanova (BA) chega a ser surpreendente. Ao contrário, as fotos mostram uma grande variedade de temas, os quais foram usados com criatividade e competência para gerar composições muito originais e interessantes, inclusive abstratas. Nas fotos é possível conferir a riqueza da fauna e da flora do local, a beleza da paisagem em diversos ângulos e composições, as diferentes tonalidades e texturas que as dunas assumem durante o dia, o contraluz e os vestígios da presença do homem no local, entre outras coisas. Belo trabalho, estão todos de parabéns!

As fotos estão aqui.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Edição extra!

Com a expansão e a consolidação do grupo, às vezes parece que uma vez por mês é pouco. Afinal de contas, não é apenas a vontade de fotografar que se manifesta, mas também a vontade de rever os amigos fotógrafos que fala mais alto. Não é por outro motivo que, vez por outra, participantes do grupo resolvem marcar uma saída extraordinária, fora da programação oficial do Jornadas Fotográficas do Vale do São Francisco.

Foi o caso, por exemplo, da ida até a Jecana do Capim (corrida de jegues), no primeiro semestre, da visita ao São Gonçalo (festa popular religiosa) no povoado de Algodões em agosto, e, mais recentemente, da "invasão" ao candomblé do Pai Adilson em Petrolina, na grande festa realizada na noite desse último domingo. Onze participantes chegaram lá às 17:30hs e só arredaram pé depois de tudo terminado, às 00:45hs da segunda-feira. A festa foi linda e tocante, o grupo foi super bem-recebido pelo Pai Adilson e todos os demais presentes, e a turma toda se esmerou em captar os melhores momentos daquela noite mágica. Além das fotos, foi um momento de confraternização com os amigos fotógrafos, que sempre e cada vez mais inspiram e motivam a evolução do grupo.

domingo, 28 de agosto de 2011

Cordel Fotográfico

Os flagrantes acima são da exposição realizada por participantes do Jornadas Fotográficas no Cordel Fotográfico do Festival Raiz e Remix, encerrado na noite de ontem. Além de contar com uma amostra do trabalho individual de dez participantes do projeto, também foram expostas as imagens da nossa primeira exposição coletiva, que teve como tema a Ilha do Massangano.

O público demonstrou grande interesse e esteve presente fazendo perguntas e apreciando as fotografias até o encerramento da noite. Além disso, a apresentação e o debate público sobre as imagens produzidas durante da 9ª Jornada (Dunas do Velho Chico), também atraiu o interesse de famílias e pessoas que circulavam pelo local, o que acabou por atrair novos participantes para o grupo e ainda rendeu duas entrevistas para os meios de comunicação local.

Com o apoio do Raiz e Remix, o Jornadas Fotográficas dá mais um passo importante na direção da sua consolidação como uma iniciativa que está valorizando e ampliando os espaços da fotografia na região, além de despertar, estimular e desenvolver talentos nessa forma de expressão através da documentação da cultura, da história, das tradições e das belezas naturais do Vale do São Francisco.

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Em tempo

Além da exposição das fotos dos participantes do Jornadas Fotográficas, com tema livre, o Raiz e Remix desse ano, que começa hoje, contará com mais duas ações do nosso grupo:
  • No dia 27, sábado, a partir das 18:00hs, estaremos apresentando e analisando publicamente as imagens produzidas pelos participantes da 9ª Jornada Fotográfica, realizada no último dia 21/08, nas Dunas do Velho Chico em Casanova, BA (esse encontro seria realizado na UNIVASF, no mesmo dia e horário, mas foi transferido para o festival); o encontro é aberto para todos os interessados;
  • Ainda durante a noite do sábado, também estaremos fotografando o evento e apresentando as imagens em tempo real, na sala de cinema. Artistas, público, bastidores, barracas etc serão alvo dos nosso cliques, que o público presente poderá apreciar como mais uma das atrações da noite.
Apareçam lá, portanto!

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Jornadas Fotográficas no Raiz e Remix

Acontece nos próximos dias 26 e 27 (amanhã e depois) a sexta edição do Festival Raiz e Remix no Parque Josefa Coelho em Petrolina. Com uma ampla programação abrangendo música, cinema, exposições, cortejos e fotografia, o festival representa uma mostra importante da cultura e das tradições locais, mas que também contempla e promove artistas de outas regiões do país.

Uma das ações do festival é o Cordel Fotográfico, exposição de fotografias que este ano será constituída totalmente por imagens produzidas pelos participantes do Jornadas Fotográficas do Vale do São Francisco. A programação do evento completa está disponível em http://www.raizeremix.com.br/. Compareçam!

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Matéria na TV Grande Rio

Mais uma vez o Jornadas Fotográficas do Vale do São Francisco foi matéria da imprensa local, dessa vez com uma participação no Jornal do Meio-Dia da TV Grande Rio (afiliada da TV Globo em Petrolina) a propósito do Dia Internacional da Fotografia, comemorado em 19/08/2011, mesmo dia em que a reportagem foi ao ar.

Juntamente com os amigos Maurício André, Pollyana e Roberto Silva, fomos filmados "em ação" na orla de Petrolina e demos o nosso depoimento para o repórter Giuliano Roque. O resultado você confere aqui.

domingo, 21 de agosto de 2011

Dunas do Velho Chico recebem a 9ª Jornada

Recorde de participantes, recorde de distância e recorde de duração. Assim transcorreu a 9ª Jornada Fotográfica, realizada hoje nas Dunas do Velho Chico em Casanova (BA), distante 108Km de Petrolina. Eram 8:00hs da manhã quando os 22 participantes se encontraram na orla da cidade, debaixo de um céu azul e um sol intenso que iria perdurar por todo o dia. Lá, entre cliques na paisagem formada pelas dunas, pela vegetação e pelos seus habitantes naturais, o grupo aproveitou para tomar banhos na água fria do rio, se divertir ao som do pandeiro do Eugenio e colocar a conversa em dia. Pouco antes do sol se por, retornamos para os assentos do nosso micro-ônibus e terminamos por desembarcar, doze horas depois, no mesmo ponto da saida. Cansados porém felizes por termos cumprido mais essa etapa.

A apresentação e análise das fotos acontecerá no próximo dia 27/08, sábado, às 18:00hs no campus Juazeiro da UNIVASF, em sala a ser informada. Cada participante deverá trazer até 20 imagens em pen-drive e o encontro é aberto para todos os interessados. Até lá!